quarta-feira, 31 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA: Lc 13,24

ESFORÇAI-VOS POR ENTRAR PELA PORTA ESTREITA, PORQUE EU VOS DIGO QUE MUITOS TENTARÃO ENTRAR E NÃO CONSEGUIRÃO.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

EX-PRESIDENTE DO BANCO DO NORDESTE - BNB É CONDENADO PELA JUSTIÇA FEDERAL.

CONDENAÇÃO DE BYRON QUEIROZ, EX-PRESIDENTE DO BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A - BNB

       Foi publicada no Diário da Justiça Federal, no último dia 10 de outubro, sentença em que o ex-presidente do Banco do Nordeste do Brasil S.A - BNB, Byron Costa de Queiroz, mais os outros diretores e superintendentes da sua época - Antônio Arnaldo de  Menezes (Superintendente), Marcelo Pelágio Costa Bonfim (Superintendente), Ernani José Varela de Melo, Osmundo Evangelista Rebouças, Raimundo Nonato Carneiro Sobrinho – foram condenados, mais uma vez, através da Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público Federal por improbidade administrativa.
       Mais uma condenação do ex-presidente  Byron de Queiroz pela Justiça Federal, assim como de seus 3 (tres) diretores e 2 (dois) superintendentes, representa, ainda que simbolicamente, uma vitória de todo o Banco do Nordeste do Brasil S.A - BNB e de seus empregados ativos e aposentados.
      Tem-se a certeza, com essas decisões judiciais, que esse período de exceção foi, de fato, marcado pela corrupção, pela ausência da ética, pelo assédio moral e pela perseguição aos trabalhadores do Banco.   
     Como se sabe, a gestão do ex-presidente Byron Queiroz e seus diretores foi de perseguição aos trabalhadores do BNB e muitas demissões foram feitas de modo intransigente, desproporcional e com características de assédio moral.
   

ALVISSAREIRA NOTÍCIA PARA OS BENEBEANOS

Justiça Federal condena Byron Queiroz, ex-presidente do Banco do Nordeste do Brasil S.A.


       Após julgamento da ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal, a Justiça Federal decidiu pela condenação do ex-presidente do Banco do Nordeste do Brasil S.A -  (BNB), Byron Costa de Queiroz, dos ex-diretores da instituição: Raimundo Nonato Carneiro Sobrinho, Osmundo Evangelista Rebouças e Ernani José Varela de Melo, além de mais dois envolvidos, Marcelo Pelágio Costa Bonfim e Antônio Arnaldo de Menezes.
     Todos respondem à pena de ressarcimento integral do dano financeiro causado ao BNB, além de suspensão dos direitos políticos e multa diferenciada para os condenados.
       A ação de improbidade administrativa foi ajuizada pelo procurador da República Alessander Sales que apresentou todos os balancetes mensais do BNB do período de 1997 a 2000.
      De acordo com o MPF, essa foi uma das primeiras ações julgadas e cabe recurso. Outras cinco ações tramitam junto ao órgão, mas ainda sem data definida para julgamento.
      Para o ex-presidente do BNB, Byron Costa de Queiroz, a determinação é de suspensão por um prazo de 8 anos dos direitos políticos, além de uma multa no valor de R$ 200 mil.
     Para os ex-diretores Raimundo Nonato Carneiro Sobrinho, Osmundo Evangelista Rebouças e Ernani José Varela de Melo, a suspensão dos direitos políticos é de 5 anos e a multa foi determinada em R$ 100 mil para cada um.
   Marcelo Pelágio Costa Bonfim e Antônio Arnaldo de Menezes ficam 5 anos com os direitos políticos suspensos e devem pagar uma multa de R$ 70 mil cada um.
      Todos juntos, segundo a sentença, devem ressarcir todo o prejuízo causado ao Banco que, segundo afirma o MPF, pode chega a mais de R$ 7 bilhões.
      Segundo o juiz federal João Luis Nogueira Matias, a rolagem de dívidas sem qualquer análise técnica, mediante a utilização reiterada do instrumento denominado carta-reversal se traduz em uma evidência de que as operações realizadas pelos envolvidos tornavam como condição normal a existência de devedores, mesmo sendo devedores por mais de cinco anos.
     "Inevitáveis aos prejuízos ao BNB, vez que a situação contábil da instituição restava prejudicada pelo não provisionamento do crédito podre. Ademais, também não se providenciava a execução dos valores devidos", explica o juiz.
     Ainda condensando o julgamento, a decisão cita a omissão de constituição de provisões, pela não classificação das operações de contas em atraso e créditos em liquidação, conforme a legislação que regula a espécie.
    A justiça verificou que o vencimento de crédito há mais de 360 dias, referente à empresas com garantias, conforme avaliação da instituição, suficientes para cobertura do saldo devedor atualizado, é um requisito para determinar como contas de créditos em liquidação. "Entretanto, o BNB, como apontado no Relatório do Banco Central do Brasil , contava com mais de 20 mil operações vencidas em prazo superior ao descrito na Resolução do Conselho Monetário Nacional - CMN, sem o necessário enquadramento como créditos em liquidação", explica a sentença.
         Outra atividade dos envolvidos foi quanto à rolagem em bloco de diversas operações de crédito, sem a formalização de qualquer instrumento. Com os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste - FNE e com as operações de repasses de recursos externos, sem a formalização de qualquer instrumento, os envolvidos nos atos de improbidade administrativa, evitavam a reclassificação dos créditos em atraso, impedindo o estudo da situação do devedor em relação aos créditos , isso "sem a formalização de qualquer instrumento, com o nítido fim de evitar a reclassificação dos créditos em atraso e, consequentemente, impedir a constituição das provisões exigidas pela legislação ou realizar a reversão daquelas já constituídas", conclui a sentença.
          À reportagem, a direção do Banco do Nordeste, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que a instituição não irá se pronunciar sobre o assunto em razão dos acusados não mais integrarem seus quadros, cabendo a eles procederem suas defesas.

Extraído de: "oestadoce.economia" Outubro 26, 2012
Autor: Vinculado ao oestadoce.economia



MENSAGEM BÍBLICA: Ef 5,8

ANTIGAMENTE ÉREIS TREVAS, MAS AGORA SOIS LUZ NO SENHOR. COMPORTAI-VOS COMO FILHOS DA LUZ.

domingo, 28 de outubro de 2012

Foto Antiga de Salvador (BA): Cidade Baixa

















Cidade baixa, mostrande parte da Igreja de Conceição da Praia.

Parque Aquático de Xique Xique (BA): ÁREA PARA EVENTOS

O Parque Aquático de Xique Xique (BA), além da diversidade de brinquedos para crianças e adultos, dispõe, ainda, de uma grande área destinada à realização de eventos.
É ali onde acontecem as grandes apresentações artísticas bem as solenidades de formaturas e comemorações de aniversários.

Cantinho da Seresta: PIERROT APAIXONADO



O Blog JUAREZ MORAIS CHAVES fez uma seleção de músicas genuinamente brasileiras, tocadas e cantadas na segunda metade do século passado, principalmente nos anos 1960, "cifradas" para violão e que, semanalmente, estarão sendo divulgadas.

Foto Aérea de Xique Xique (BA): BAIRRO BNH

À leste da cidade de Xique Xique (BA), situa-se o populoso bairro denominado de "BNH".
Conjunto da casas populares construído pelo extinto Banco Nacional da Habitação - BNH, para população de baixa renda, transformou-se hoje num local muito procurado por pessoas até da classe média com grande valorização dos imóveis habitacionais.

Crônica Minha vida Bancária: O COLEGA E A SINUCA


De 1964 a 1995, trabalhei como bancário numa instituição financeira federal e, no exercício da minha profissão, percorri os Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Ceará, onde me aposentei, tendo fixado residência em Fortaleza. Durante esse período de 31 anos assisti e participei de muitas coisas que aconteceram dentro e fora das Agências Bancárias, tendo registrado algumas delas, as quais passo a divulgar, por interessantes. Os nomes dos colegas e das Agências não são divulgados por questão de ética.



                             O COLEGA  JOGADOR DE SINUCA

                                                                             Juarez Morais Chaves

O colega era um dos melhores jogadores profissionais de sinuca de uma cidade do interior baiano.
Desempregado e com aptidão para o manejo do taco diariamente ganhava alguns trocados em partidas apostadas que davam para custear as suas despesas de rapaz solteiro, além de lhe permitir um treinamento diário naquela modalidade de profissão.
No entanto, como não era burro e sabia que aquilo não era vida de pessoa séria,  sempre que tinha oportunidade participava dos concursos públicos que se realizavam naquela cidade. Tanto treinou que terminou por ser aprovado num concurso para o um Banco federal, já com quase 30 anos de idade. Junto com ele foi aprovado, também, um seu amigo da mesma cidade. 
     Os 2 tomaram posse numa determinada  agência desse Banco, e no mesmo dia  receberam as nomeações designando-os para  trabalharem numa pequenina cidade baiana, encravada no topo da Chapada Diamantina. 
     O colega bom de sinuca não gostou da nomeação mas, como não tinha outra alternativa se preparou para a viagem  pois estava necessitando urgentemente de um bom emprego.
         Quando o Banco nomeava alguém para trabalhar  em outra cidade que não fosse a residência do recém empregado este recebia um adiantamento em dinheiro para fazer frente a todos os gastos do deslocamento devendo, posteriormente, ser feita a devida prestação de contas. Por isso, as despesas do deslocamento, quer de transporte quer de diárias em Hotel deveriam ser comprovadas mediante recibos ou Notas Fiscais.
      Os dois novos funcionários receberam o adiantamento em dinheiro e se prepararam  para a viagem com destino à Chapada Diamantina. O seu amigo procurou os meios de transportes regulares para a cidade onde deveria trabalhar e viajou de ônibus tendo gasto no percurso boa parte do adiantamento com os melhores transportes, os melhores hotéis e restaurantes. 
     O Colega bom de sinuca, no entanto, agiu de modo diverso, pois, além de exímio jogador de sinuca era também conhecido pela extrema avareza que tanto o caracterizava. Não tinha nenhuma propensão ao gasto supérfluo. Sempre estava procurando economizar tudo que ganhava. Assim, o dinheiro recebido como adiantamento para a viagem até a cidade onde trabalharia, fora totalmente depositado na poupança. Só pretendia gastar o mínimo minimorum
     Viajaria, portanto, em carroceria de caminhão e comeria pratos feitos nas mais baratas hospedarias da estrada. E assim foi feito, tendo chegado à cidade com mais de 90% do adiantamento intacto e na poupança. 
 Logo na primeira semana de trabalho na Agência os dois funcionários recém empossados foram chamados pelo Gerente para a devida prestação de contas e devolução do dinheiro não gasto. Foi o fim da poupança do Colega sinuqueiro. 
 A contragosto, teve que fazer a devolução de quase todo o adiantamento recebido, pois não tinha os devidos recibos que comprovassem os gastos com a viagem. Foi um duro golpe para o avarento.  Mas, o bom cabrito não berra e, a partir desse “prejuízo” o rei da sinuca começou a dar tratos à bola no sentido de encontrar um meio que o permitisse reaver o querido dinheirinho que por descuido escapara da sua poupança. Assim surgiu o plano de se passar por total ignorante na arte de jogar sinuca, já que, naquela cidade a única diversão de jovens e adultos era exercitar aquele  jogo, sempre apostado.
Seguindo o plano começou a frequentar, diariamente, os bares da cidade assistindo e conhecendo os jogadores locais e sempre divulgando a notícia que não sabia as regras daquele jogo mas que tinha grande vontade de aprender.
E, tanto insistiu nessas idas aos bares e nessa divulgação que terminou encontrando um amigo disposto a lhe ensinar as regras daquela diversão que se jogava com uma vara e umas bolinhas coloridas, como sempre se referia ao jogo de sinuca. Marcaram então um fim de semana quando o Colega sinuqueiro tinha todo o tempo que iria precisar. No sábado quando  chegou ao bar já lá se encontrava o "professor" de sinuca ansioso para ensinar  o jogo ao seu mais recente aluno. Começou mostrando as bolas que rolariam sobre o pano verde e informando o valor de cada uma delas em função da cor. Memorizado o valor de cada bola, foi passado para o aluno as regras básicas de como se desenrolaria o jogo. Após isso foi ensinado a  forma correta de pegar no taco.
O aluno, paciente e atento ouvia toda a explicação do professor e passou todo o fim de semana, sábado e domingo, treinando a colocação das bolas na caçapa. Chegou a alugar o sinuca por todo o período. Passou nesse treinamento  8 fins de semanas e o seu progresso era francamente visível por todos os que acompanhavam aquele jovem tão interessado em aprender o jogo de sinuca. 
Ao fim da 6 semana já disputava partidas com os melhores da cidade. É verdade que perdia todas mas não era fácil para os adversários. Já começava a dar algum trabalho aos melhores jogadores. Ao fim da 8ª semana resolver mostrar, de vez, a sua técnica que já possuía desde que chegou à cidade. A partir daí não mais perdeu para ninguém e  ganhou muito dinheiro pois os grandes jogadores da cidade não se conformavam em perder para o pixote que há pouco mais de 60 dias não sabia nem pegar no taco.
Assim o colega do sinuca conseguiu recuperar todo o dinheiro do adiantamento e ainda ficou com a fama de ser a pessoa que se tornou o maior craque nas mesas de sinuca da cidade,  com apenas 60 dias de treinamento. FIM 

Arte Sacra na Bahia: ALTAR

O Altar de Santo Inácio de Loyola destaca-se na Catedral Basílica de Salvador, em Salvador BA.
O estilo Rococó atinge aqui uma expressão de esplendor, com a monumentalidade permitida pelo elevado pé direito.
Fonte: "Bahia: Tesouros da Fé"
Foto: Sérgio Benutti.

Foto Interessante de Xique Xique (BA): BARCA AGUARDANDO REPAROS

No que pese Xique Xique (BA) contar com um bom estaleiro destinado à construção, reforma e manutenção de barcas, é  muito comum encontrar-se barcas arrastadas à margem do Lago Ipueira para receberem as necessárias manutenções.

Evangelho Dominical: O CEGO BARTIMEU

MARCOS 10, 46-52


(46) Então chegaram a Jericó. Quando Jesus e seus discípulos, 
juntamente com uma grande multidão, estavam saindo da 
cidade, o filho de Timeu, Bartimeu, que era cego, estava sentado 
à beira  do caminho pedindo esmolas. (47) Quando ouviu que era 
Jesus de Nazaré, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem 
misericórdia de mim!” (49) Jesus parou e disse: “Chamem-no”. E 
chamaram o cego.  “Ânimo, levante-se! Ele o está chamando”. 
(50) Lançando sua capa para o lado, de um salto pôs-se em pé e 
dirigiu-se a Jesus. (51) “O que é que você quer que eu lhe 
faça?”, perguntou-lhe Jesus. O  cego respondeu: “Mestre, eu 
quero ver!” (52) “Vá”, disse  Jesus, “a sua fé o curou”. 
Imediatamente ele recuperou a visão e seguiu Jesus pelo caminho. 

Comentário


 A cura do cego Bartimeu conclui essa parte exigente do drama do Evangelho de Marcos, assim como a cura do outro cego (8,22-26) concluiu os capítulos de "pão e cegueira". Em contraste com o primeiro cego, trazido a Jesus por outros (8,22), Bartimeu põe-se a gritar por iniciativa própria: "Filho de Davi, Jesus, tem compaixão de mim!". O título que dá a Jesus, "Filho de Davi" indica que ele, mendigo, apesar de cego, vê quem Jesus é com mais clare­za do que os discípulos e a multidão que têm estado com Jesus o tempo todo!A expressão - Filho de Davi  refere-se a esperança secular do povo de Israel,  de que Deus enviaria um Salvador.  E aquele homem, embora cego,  percebeu, pela luz do Espírito de Deus, que Jesus era a realização desta esperança.  Foi por isso que o cego tinha toda certeza de ser curado, de ser atendido pelo Filho de Deus.
        Embora algumas pessoas tenham  tentado fazê-lo calar-se, o cego não desistiu. Ele se levanta estende os braços e grita insistentemente, como deveríamos fazer em nossas orações diárias. Pedir com insistência e muita fé. E, porque insistiu, ele conseguiu. Jesus manda os discípulos chamá-lo para mais perto. Bartimeu responde com grande entusiasmo e vem até Jesus. É a única pessoa no Evangelho de Marcos que chama Jesus de "Rabúni".  Quando o cego chamou Jesus de Rabbuni, ou seja "meu Senhor", demonstrou toda  sua confiança e fé.  E foi esta fé que o salvou. (Esta maneira especial de dirigir-se a Jesus aparece no Novo Testa­mento apenas aqui e em Jo 20,16, quando Maria de Magdala encontra Jesus ressuscitado perto do túmulo vazio.)
"reflexõesliturgiadiária.blogspot.com.br"

Lago Ipueira: O PESCADOR

Final da tarde e o pequeno pescador, em companhia do filho, ainda tenta, num último lanço de tarrafa, apanhar algum peixe que possa servir de alimento à sua família.
A beleza e a serenidade do nosso Lago Ipueira são característica dessa nossa dádiva da natureza.

sábado, 27 de outubro de 2012

Dinheiro, Deuses & Poder: CLAUDIUS - 41-54 d.C


Quadrans (17  mm, 3,49 g, 6 h) cunhado em Roma por volta de 41 d.C. Modius com três pernas, grande SC no reverso. Ao lado, modius da coleção de Conan Doyle, adquirida para o acervo do livro "Deuses, Dinheiro e Poder."
Coleção Spínola - Nomus Brasiliana

Foto Antiga de Xique Xique (BA): DESFILE DA PRIMAVERA

Eram tradicionais os desfiles estudantis  do então Ginásio Municipal Senhor do Bonfim, promovidos pelo entusiasta Diretor Dr. Hélcio Bessa.
Aqui vemos a foto de um desfile da primavera, estação que nunca esteve em Xique Xique (BA), mas anualmente era lembrada.
Foto: Afonso

Fotos inéditas da Enchente de 1979: ACIMA DO CAIS

No ano de 1979 o Rio São Francisco recebeu muita água das nascentes e, em Xique Xique (BA) ultrapassou o cais e transbordou para toda a cidade.
Foi, ao lado da de 1949, uma das maiores enchentes do "Velho Chico".
Na foto o Mercado Municipal São Francisco ilhado. Ao fundo as torres da Igreja do Senhor do Bonfim, Padroeiro da cidade.

Foto Denúncia: ENTORNO DO MERCADO DO PEIXE

Não sei se a sujeira e o abandono do nosso Mercado do Peixe é consequência do mesmo estado de precariedade do seu entorno ou vice versa. 
O que se vê, contudo  é um estado de calamidade pública, de sujeira crônica e de total abandono desses lugares públicos, pelas nossas autoridades municipais.
Acredito que a atual administração municipal de Xique Xique (BA), pelo exíguo tempo que lhe resta, não mais irá se preocupar com essas questões, mesmo porque não se preocupou nos últimos 8 anos.
Espero contar com a nova administração municipal que terá início no próximo ano para, num ato de absoluta prioridade, dar um jeito de resolver esse grande problema de saúde pública.

Aconteceu em Xique Xique (BA) - Século XX: OS CORONEIS




No dia 28 de maio de 1900, conclui-se  o mandato de intendente municipal de Xique-Xique do coronel Romualdo da Cruz, bem como os mandatos dos cinco membros do Conselho Municipal.
No dia 28 de maio de 1890, o Coronel Praxedes Xavier da Rocha tomou posse no cargo de Intendente Municipal de Chique-Chique, para um mandato de quatro anos.  

Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Cassimiro Machado Neto.

MENSAGEM BÍBLICA: Lc 13,9

TALVEZ ELA DÊ FRUTOS;  SE NÃO DER,  MANDARÁS CORTÁ-LA DEPOIS.

Aconteceu Em Xique Xique (BA) - Século XIX: O Xiquexiquense Eduardo Olímpio Machado

No ano de 1817, nasceu no Povoado de Pedras, Município de Xique Xique o Sr.Eduardo Olímpio Machado, que após se graduar em  Direito, na cidade de Olinda (PE) foi exercer a profissão de advogado na  cidade do Rio de Janeiro.
No ano de 1848 foi nomeado, pelo imperador Dom Pedro II, Presidente da Província de Goiás e mais tarde para Presidente da Província do Maranhão.
Eduardo Olímpio Machado faleceu no ano de 1855, logo após haver sido  nomeado por Dom Pedro II para o cargo de presidente da província de São Paulo.

Aconteceu em Xique Xique (BA) - Seculo XVIII: De Capela para Freguesia

No ano de 1714  Dom Sebastião Monteiro da Vide, primeiro Arcebispo do Brasil, assinou documento elevando a capela do arraial do Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique-Chique à categoria de Freguesia do Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique.
Foto obtida no ano de 1940, da atual Igreja do Senhor do Bonfim que substituiu a capelinha construída pelo tropeiro.
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Cassimiro Machado Neto.

Aconteceu em Xique Xique (BA) - Século XVII: Fazenda Praia

         No ano de 1685, o português Sr. Theobaldo José Miranda Pires de Carvalho adquiriu, na  margem direita do Lago Ipueira do Rio São Francisco,  Município de Xique Xique (BA), várias léguas quadradas de terras, ao  latifundiário, também português,  Antonio Guedes de Brito, Barão da Casa da Ponte, onde estabeleceu a sua fazenda de criação de gado, denominada  "Fazenda Praia".
           Ali construiu várias  casas para os membros da sua família, para os empregados, vaqueiros, escravos negros e índios que trabalhavam nas suas propriedades.
      Também  providenciou a a construção de currais para amansar o rebanho de bovinos. e implantou diversas roças para produção de gêneros alimentícios.
         Foi esse núcleo de pessoas que  deu origem à cidade de  Xique Xique (BA). 
         O Parque Aquático  de Xique Xique (BA) está situado exatamente no local onde foi a sede da Fazenda Praia.
         A história garante que a Fazenda Praia deu origem ao arraial de Xique Xique (BA), no ano de 1700, deu origem à  Freguesia no ano de 1714, e, no ano de 1832, tornou-se Município autônomo.
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Cassimiro Machado Neto.


Aconteceu em Xique Xique (BA) - Século XVI : Descoberta do Rio Verde

No ano de 1553 o português Tomé de Sousa, primeiro governador geral do Brasil enviou a primeira Entrada ao sertão da Bahía, chefiada por Francisco Bruza Espinoza. 
Nesta oportunidade foi descoberto o Rio Verde, afluente do Rio São Francisco que desemboca no Município de Xique Xique (BA) e encontrados, também, os primeiros sinais da presença de ouro na Serra do Açuruá.
Nessa época o Rio Verde e a serra do açuruá pertenciam ao Município de Xique Xique (BA).
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Cassimiro Machado Neto.
Foto do Rio Verde, em Itaguaçu (BA): Airton Carvalho

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA: Lc 12,56

HIPÓCRITAS! SABEIS INTERPRETAR OS FENÔMENOS DA TERRA E DO CÉU; ENTÃO COMO NÃO SABEIS INTERPRETAR O MOMENTO PRESENTE?

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA: Lc 12, 49-50

EU VIM PÔR FOGO À TERRA, E COMO GOSTARIA QUE JÁ ESTIVESSE ACESO! TENHO DE RECEBER UM BATISMO, E COMO ME ANGUSTIO ATÉ QUE SE CUMPRA.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Baixio de Xique Xique: OCUPAÇÃO DOS PRIMEIROS 20 MIL HA.











    BAIXIO DE XIQUE XIQUE: O PROJETO

           Informo aos seguidores e leitores deste Blog que a população de Xique Xique (BA) não concorda com a denominação de BAIXIO DE IRECÊ dada ao Projeto de Irrigação que está sendo implantado no Município de Xique Xique (BA), local onde estão situados o BAIXIO e a ÁGUA necessários à existência do referido Projeto.
     Denominá-lo de BAIXIO DE IRECÊ é um grande engano e, acredito, mesmo, que os habitantes da cidade de Irecê (BA) não devam sentir-se confortáveis com essa indevida denominação pois, sabem, mais que ninguém, que naquele Município não tem baixio, não tem água para irrigação e fica a uma distância de mais de 100 km da margem do Rio São Francisco, local da tomada d'água (FOTO).
      Como acredito não serem eles os autores da errada denominação e sim que tenha partido de algum técnico que desconhece a realidade dos fatos, bem que os habitantes da cidade de Irecê poderiam ser parceiros dos Xiquexiquenses nesse pleito de mudança do nome do Projeto para BAIXIO DE XIQUE XIQUE, a não ser que queiram compactuar com essa usurpação.


                                      O PROJETO

             O Projeto de Irrigação Baixio de Xique Xique irá ocupar uma área total de 95.119 ha,com uma reserva ambiental da ordem de 192.566 ha, devendo ser utilizados 58.659 ha na irrigação propriamente dita, divididos em lotes para pequenos, médios e grandes produtores.
            A implantação do Projeto está prevista para ser feita em 9 etapas, assim distribuídas: 1ª etapa: 4.723 ha (em implantação); 2ª etapa: 5288 ha (em implantação);3ª Etapa: 4.834 ha; 4ª Etapa: 4.480 ha; 5ª Etapa: 6.137 ha; 6ª Etapa: 6.315 ha; 7ª Etapa: 6.542 ha; 8ª Etapa: 7.640 ha; 9ª Etapa 12.700 ha.
          Culturas principais que serão implantadas na área do Projeto: A área irrigada contemplara as culturas de abacaxi, abóbora, algodão, banana, cana-de-açúcar, cebola, coco, feijão, goiaba, limão, mamão, maracujá, milho, melancia, melão, pimentão, tangerina, tomate e uva, café, cana-de-açúcar e pinhão manso.
         Outras atividades: O Projeto prevê também um sistema de produção baseado na caprinovinobovinocultura, consorciado a outras atividades complementares, tais como apicultura, fruticultura e avicultura.
         Etapa 1ª - 4.723 ha: as obras civis estão concluídas. As adutoras e estações de bombeamento e de pressurização encontram-se em fase de montagem. Esta etapa destina-se a pequenos e médios produtores.
         Etapa 2ª - 5.288 km: Está em fase de implantação. Essa etapa será destinada a lotes empresariais e está com as adutoras em fase de aquisição e montagem
         Etapa 3ª - 4.843 km: deverá ser a próxima etapa a ser implantada.

         LOCALIZAÇÃO
        O Projeto Baixio de Xique Xique está localizado a cerca de 500 Km de Salvador, no trecho final do médio São Francisco, nos Municípios de Xique Xique (BA), Sento Sé  e Itaguaçu da Bahia, sendo que a tomada d'água fica situada no município de Xique Xique (BA), no Distrito de Boa Vista.

        ACESSO
        O acesso ao Projeto se dá através da Rodovia BA-052, que liga Xique-Xique a Feira de Santana e, também por uma estrada estadual que sai diretamente da cidade de Xique Xique (BA) para o distrito de Boa Vista, que por sua vez interliga-se à malha viária nacional através da BR-116.

       CANAL PRINCIPAL
       O Canal Principal tem uma extensão total de 84 km

       INFRA-ESTRUTURA
       É composta pelos seguintes Sistemas: 1) Sistemas de captação de água no Rio São Francisco; 2) Sistema de condução de água ao longo do perímetro; 3) Sistema de drenagem; 4) Sistema viário; 5) Sistema de distribuição elétrica.

         OBJETIVOS DO PROJETO
         1) Fixar o homem a terra; 2) Aumentar a produção agrícola; 3)Aproveitar terras férteis; 4) Tornar as terras produtivas com a irrigação; 5) Incentivar a implantação de agroindústrias;
         Benefícios previstos
         Quando da conclusão do Projeto serão criados 180 mil empregos diretos e indiretos e beneficiadas 240 mil pessoas.


        ASSENTAMENTO DOS PRIMEIROS 20.000 HECTARES
O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, juntamente com o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, e o diretor de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Companhia, Guilherme Almeida, estiveram vistoriando obras do aterro e do Baixio de Xique Xique, que está sendo implantado na margem do Rio São Francisco no Município de Xique Xique (BA). O referido  Baixio  que promete ser maior projeto de irrigação em fase de implantação pela Codevasf, terá o edital para ocupação dos primeiros 20 mil hectares já no início de novembro deste ano, quando o Conselho Deliberativo da Sudene se reúne em Salvador, conforme informações do ministro.
“O Baixio de Xique Xique, ao suscitar a criação de milhares de empregos, irá escrever uma nova página no desenvolvimento de toda a região”, destacou o ministro, acrescentando que, até o final deste ano, deverá licitar as obras da segunda etapa, o que corresponde um investimento de aproximadamente R$ 900 milhões em 27 mil hectares. A primeira etapa soma 47 mil hectares.
O Projeto de Irrigação que está sendo implantado na margem do Rio São Francisco, abrange os  municípios baianos de Xique-Xique (BA), Sento Sé e Itaguaçu da Bahia.
 Com investimento total estimado em R$ 1,4 bilhão de reais, o empreendimento terá uma área irrigável de 54 mil hectares divididos em lotes empresariais e para pequenos e médios produtores, além de uma reserva ambiental de 31 mil hectares e uma área de 19 mil hectares de sequeiro, mas que poderá também ser irrigada.
A primeira etapa, com aproximadamente 4.773 hectares, e as obras civis da segunda etapa, que irá totalizar cerca de 19 mil hectares, já estão sendo finalizadas. Com a conclusão do projeto, a expectativa é de que sejam gerados cerca de 5 mil empregos diretos e milhares de empregos indiretos, beneficiando toda a região.
Além disso, a agricultura irrigada permitirá alta produtividade, introdução de culturas mais lucrativas e utilização de tecnologias para conservação e melhoria dos solos. Dentre as culturas a serem exploradas no projeto destacam-se abacaxi, abóbora, algodão, banana, cebola, coco, feijão, goiaba, limão, mamão, maracujá, milho, melancia, melão, pimentão, tangerina, tomate e uva. Também será montado um polo energético para a produção de oleaginosas como cana-de-açúcar, pinhão manso, dendê, soja e mamona, entre outras.

Fonte: "A VOZ", de Xique Xique (BA).


Cantinho da Seresta: A SAUDADE MATA A GENTE


















O Blog JUAREZ MORAIS CHAVES fez uma seleção de músicas genuinamente brasileiras, tocadas e cantadas na segunda metade do século passado, principalmente nos anos 1960, "cifradas" para violão e que, semanalmente, estarão sendo divulgadas.

Foto do Rio São Francisco: O "MARINHEIRO"
















 "Marinheiros" era como nós, beiradeiros, denominávamos a parte da tripulação do vapor encarregada do serviço pesado. Eram o que hoje se denomina de estivadores ou carregadores.
Eles eram responsáveis pela carga e descarga do vapor bem como pelo transporte da lenha que iria abastecer a caldeira.
Caso no porto não fosse encontrada o combustível lenha, os "marinheiros" chegavam a se embrenhar na caatinga para cortar a madeira suficiente ao deslocamento do vapor até o próximo porto onde seria abastecido com o referido combustível.
E, não era pouca lenha que esses bravos tripulantes tinham que carrear para o vapor.
O vapor "Benjamim Constant", por exemplo,  gastava uma média de 1.400 m³ de lenha numa viagem de ida e volta de Juazeiro (BA) e Pirapora (MG).
A foto fixa a imagem de um típico "marinheiro".
Foto: Marcel Gautherot



Fato Histórico de Xique Xique (BA): CRIAÇÃO DO GINÁSIO SENHOR DO BONFIM















No dia 24 de agosto de 1956 A Câmara de Vereadores de Xique-Xique aprovou o projeto do Prefeito Municipal José Peregrino de Souza criando uma instituição escolar para ministrar o curso ginasial na cidade, tendo a Instituição recebido  o nome de Ginásio Municipal Senhor do Bonfim.
A inauguração solene do Ginásio Municipal Senhor do Bonfim aconteceu no dia 1º de março de 1959, entrando em efetiva atividade no dia seguinte, ou seja, no dia 02 de março de 1959.
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique" - Cassimiro Machado Neto


Foto Antiga de Salvador (BA): FAROL DE ITAPOAN

               

MENSAGEM BÍBLICA: Ef 2,10

SOMOS OBRA DE DEUS, CRIADOS EM CRISTO JESUS, EM VIST DAS BOAS OBRAS  QUE DEUS DE ANTEMÃO  PREPAROU PARA QUE NÓS AS PRATICÁSSEMOS.

domingo, 21 de outubro de 2012

Evangelho Dominical: São Marcos, 10, 35-45

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Marcos.
Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre, queremos que faças por nós o que vamos pedir”.
36Ele perguntou: “O que quereis que eu vos faça?”
37Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!”
38Jesus então lhes disse: “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?”
39Eles responderam: “Podemos”.
E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber, e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”.
41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João.
42Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas, entre vós, não deve ser assim; quem quiser ser grande, seja vosso servo; 44e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos”.





sábado, 20 de outubro de 2012

Arte Sacra na Bahia: O CRUCIFICADO

Crucifixo de Banqueta com aparelho em prata lavrada, trípode, base ornamentada em discreta rocalha, cuja cruz tem na extremidade de cada  haste, ponteiras recortadas em delicadas rendas de prata. Imagem do Cristo em madeira esculpida e policromada, pertencente à Catedral de Salvador. Obra do Século XVIII. 
Fonte: Bahia: Tesouros da Fé
Foto: Sérgio Benutti

História do Crédito Rural: CLIENTE BALEADO



Durante os 31 anos em que servi numa instituição bancária oficial, por um período de 20 anos trabalhei na área do crédito rural. 
Existia entre os bancários do crédito rural um profissional técnico agrícola cuja função era acompanhar  e orientar, in loco, as atividades financiadas para que o empreendimento rural obtivesse êxito.
Sempre que  voltava do campo, esse profissional apresentava à chefia pequenos relatórios sobre cada um dos clientes visitados.
Eventualmente esses relatórios eram enriquecidos com frases interessantes que apenas representavam a forma de o técnico relatar, sucintamente, a situação de cada empréstimo. 


No caso em tela o pequeno produtor rural recebera um financiamento para custear a sua lavoura, cuja garantia, nesse tipo de empréstimo  é o penhor agrícola da safra financiada. 

 Em lá chegando, numa segunda feira,  o fiscal foi recebido pela mulher do mutuário que lhe contou o grave acidente que por pouco não tirou a vida do seu marido. O cliente gostava de beber algumas doses de cachaça na feira livre realizada a cada sábado. Nesse fim de semana se excedeu e entrou em atrito com um marginal conhecido como “Bamba”, que sempre portava um revolver e após, algumas discussões  que ela não sabia os motivos, o valentão sacou da arma e iniciou uma série de tiros contra o cliente, só não o matando graças à péssima pontaria do “Bamba” que não era tão bamba assim.
         Apenas 2 tiros o alvejaram, mas em local sem perigo de vida, estando o mesmo  hospitalizado e sob cuidados médicos. Assim, a fiscalização não poderia ser realizada.
           Ali mesmo na casa do cliente o técnico  preencheu o seu pequeno relatório,  contando para a Agência os motivos da frustração da visita ao cliente e solicitando que nova visita fosse remarcada para os próximos 60 ou 90 dias, tempo necessário à recuperação do financiado. Após fazer todos os comentários que julgava necessários, encerrou o seu lado com a frase: “Levou vários tiros na traseira dados por um tal de Bamba, que perfazeu um total de dois buracos, indo para o hospital”.

Foto Aérea de Xique Xique (BA): Escolas Reunidas Cesar Zama

Foto aérea de Xique Xique (BA)., destacando a "Escolas Reunidas César Zama, situada na Av. J.J. Seabra entre as Ruas Rosa   Baraúna e Mário Rapadura, a primeira famosa parteira que "aparou" centenas de crianças xiquexiquenses e o segundo grande músico xiquexiquenses que animava as festas do Clube Recreativo Sete de Setembro na década de 1950.

MENSAGEM BÍBLICA: Ef 1,17-18a

ROGO AO DEUS NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, O PAI DA GLÓRIA, QUE VOS DÊ UM ESPÍRITO DE SABEDORIA E DE REVELAÇÃO PARA O CONHECERDES E ILUMINE OS OLHOS DE VOSSO CORAÇÃO.

Dinheiro, Deuses & Poder: AUGUSTUS (27 a.C - 14 d.C)

DENARIUS (18 mm,  3.91 g).
Batido em casa de moeda incerta localizada na Espanha, talvez em Tarrco, por volta de 19 a.C.
Cabeça nua voltada para a direita - /OB/CIVIS/SERVATUS em três linhas, dentro de laurel de carvalho com as pontas de duas fitas para cima. 
Fonte: Coleção Spínola - Nomus Brasiliana

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA: Lc 12,2

NÃO HÁ NADA ENCOBERTO QUE NÃO VENHA A SER REVELADO, NEM ESCONDIDO QUE NÃO VENHA A SER CONHECIDO.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA: 2 Tm 4,17

CONTUDO, O SENHOR ME ASSISTIU E ME DEU FORÇAS PARA QUE, POR SEU INTERMÉDIO, A MENSAGEM FOSSE ANUNCIADA PLENAMENTE, E TODAS AS NAÇÕES A OUVISSEM.

Foto Antiga de Xique Xique (BA): DESFILE DE 7 DE SETEMBRO














O Colégio Municipal Senhor do Bonfim, em Xique Xique (BA), sempre se caracterizou pela entusiasta participação em todas as festas cívicas da cidade através de um desfile dos alunos e alunas.
São famosos os realizados no dia 7 de setembro,  data da Independência do Brasil  bem com a comemoração pela chegada da Primavera, não obstante essa estação passar bem longe da nossa terrinha.
Um dos grandes incentivadores a esse tipo de participação docente era o Dr. Hélcio Bessa quando foi, por muito tempo, diretor daquela Instituição de Ensino.
Na foto as alunas do então Ginásio Municipal Senhor do Bonfim.

Lago Ipueira: GRANDE ANCORADOURO













O Lago Ipueira é o grande ancoradouro natural de Xique Xique (BA).
Alí, diariamente ancoram dezenas de grandes barcas a motor que transportam pessoas e mercadorias por todo o Rio São Francisco.
Nos finais de semana,  essas embarcações duplicam com o transporte dos moradores das ilhas do município de Xique Xique (BA) que comparecem à cidade por ocasião da grande feira livre que ali se realiza.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Foto Interessante de Xique Xique (BA): Venda de Bovinos

O Rio São Francisco sempre foi considerado o "rio dos currais", pelo grande número de fazendas de gado situadas nas suas margens.
Isso criou a tradição da comercialização de animais na "beira do rio", que se mantém até hoje.
Xique Xique (BA) como cidade ribeirinha e tradicional criadora  do gado crioulo, não pode fugir a regra e normalmente essa atividade é comumente vista na beira do Lago Ipueira.

Parque Aquático de Xique Xique (BA): GRANDES TOBOGÃS

O Parque Aquático de Xique Xique (BA) não é apenas um local de lazer para crianças.
Enquanto estas se distraem  nas belas piscinas e brinquedos os grandes tobogãs desafiam a coragem dos adultos.

Enchente de 1979 em Xique Xique (BA): Rua Cel Manoel Teixeira


Fotografia da Rua Cel Manoel Teixeira totalmente tomada pelas águas do Rio São Francisco, durante a grande cheia de 1979, vendo-se a fundo a Rua Mons. Costa.
A enchente de 1979, foi, juntamente com a de 1949, uma das maiores do Velho Chico.

Foto Afonso

Foto denúncia: MERCADO DO PEIXE

O nosso "MERCADO" do peixe, é realmente uma vergonha pela gritante sujeira que agride qualquer pessoa de bom senso que adentre naquele local.
Não é mais um caso de administração municipal e sim um caso de polícia e de saúde pública que merece a intervenção do atento Ministério Público.
Perdemos, nesses últimos 8 anos de administração municipal,  a oportunidade de restaurá-lo e transformá-lo num mercado modelo a exemplo do que temos para a carne.
A população xiquexiquenses aguarda com ansiedade que a próxima administração municipal foque como a primeira e mais importante obra da nova administração, a total reforma do "mercado do peixe".

Aconteceu em Xique Xique (BA): SÉCULO XX - Tiririca

No ano de 1900, o  fazendeiro Baldoíno Brandão chega á comunidade de Tiririca (atual Itaguaçu da Bahia), naquela época pertencente ao município de Xique-Xique (BA), vindo do município de Jacobina (BA), trazendo consigo um grupo de homens de várias idades para empregá-los no trabalho de exploração da borracha de maniçoba, na Serra Azul que circunda a atual cidade de Itaguaçu da Bahia. Entre os homens que chegaram com Baldoíno Brandão encontrava-se o jovem Manoel Feliciano dos Santos, que permaneceu e se integrou na comunidade tiriricana ao terminar o período áureo da exploração e exportação da borracha da maniçoba.
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Cassimiro Machado Neto.

MENSAGEM BÍBLICA: Gl 5,25

SE  VIVEMOS DO ESPÍRITO, ANDEMOS TAMBÉM SEGUNDO O ESPÍRITO.

Aconteceu em Xique Xique (BA) - SÉCULO XIX - Barão de Cotegipe


 No dia 23 de outubro de 1815, nasceu João Maurício Wanderley (BARÃO DE COTEGIPE), na Freguesia de São Francisco das Chagas da Barra do Rio Grande, capitania de Pernambuco, filho de João Maurício Wanderley e de Francisca Antônia do Livramento Wanderley. 
 João Maurício após fazer o curso preparatório na cidade do Salvador, segue, em 1832, para Pernambuco, onde faz o curso de bacharel em Ciências Jurídicas, na Faculdade de Direito de Olinda, graduando-se aos 22 anos de idade. Transferindo-se para a cidade do Salvador,  ingressa na carreira política. Através de Carta Imperial,  João Maurício Wanderley é nomeado Juiz Municipal de Órfãos dos termos de Barra e Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique-Chique, tendo sido o primeiro Juiz de Direito de Xique Xique (BA).
  No dia 14 de março de 1860, João Maurício Wanderley recebeu o título de Barão de Cotegipe, concedido pelo Imperador Dom Pedro II, que deu o nome a um dos grandes vapores que navegou pelo Rio São Francisco por muitos anos. 
   João Maurício Wanderley ainda não recebeu qualquer reconhecimento ou homenagem da cidade de  Xique-Xique (BA), onde iniciou sua vida pública, como Juiz de Direito, no ano de 1842, aos 27 anos de idade. 
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Casimiro Machado Neto.

Aconteceu em Xique Xique (BA) - SÉCULO XVIII- Fundação da cidade


No ano de 1700, por concessão do Sr. Theobaldo José Miranda Pires de Carvalho, fazendeiros e colonos, capatazes, capitães do mato e vaqueiros, residentes nas fazendas adjacentes à Fazenda Praia, tiveram permissão para construir casas residenciais na área fronteiriça à capela do Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique-Chique, dando origem ao arraial do mesmo nome e mais tarde à cidade de Xique Xique (BA).
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Cassimiro Machado Neto.

Aconteceu em Xique Xique (BA): SÉCULO XVII - FAZENDA PEDRAS


 No ano de 1663, o português Sr. Antonio Guedes de Brito implantou a Fazenda Pedras, situando-a a poucas léguas do Lago Ipueira, no Rio São Francisco. A partir do surgimento da Fazenda Pedras centenas de outras propriedades são implantadas na margem direita do famoso rio. Algumas daquelas fazendas, no decorrer dos anos, evoluíram para comunidades, transformando-se mais tarde em arraiais, freguesias, municípios, vilas, cidades e sede de comarcas.

Dentro dos limites da grande fazenda situada na margem direita do Rio São Francisco, de propriedade do Sr. Antônio Guedes de Brito, estavam as fazendas:  Praia, Saco dos Bois, Tiririca, Várzea Grande, Marrecas, Riacho Grande, São Domingos, Canabrava do Gonçalo, Olho d’Água do Gonçalo, Riacho de Areia, Lagoa de Canabrava, São Gabriel, Fazendinha, Carnaúba, Riacho Largo, Roça de Dentro, Matinha, Maxixe, Gavião Forquilha, Vacaria e uma infinidade de outras propriedades mais que seculares.

Aconteceu em Xique Xique (BA): SÉCULO XVI - LAGO IPUEIRA


No ano de 1545, o português Duarte Coelho Pereira, donatário da capitania de Pernambuco, autorizado por Dom João III, rei de Portugal, realizou uma expedição aos sertões do Rio São Francisco e descobriu a Ipueira, que fica em frente à atual cidade de Xique Xique (BA),  o  grande arquipélago que enriquece o Município e a piscosa lagoa de Itaparica. 
No ano de 1700, 155 anos depois, na margem do Lago Ipueira, surgiu uma comunidade portuguesa que deu origem à cidade de Xique Xique (BA), inicialmente  formando um  arraial, uma freguesia, e finalmente o município de Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique-Chique.
Fonte: "Senhor do Bonfim e Bom Jesus de Chique Chique - História de Chique Chique", de Cassimiro Machado Neto.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA: Gl 5,6

POIS EM CRISTO JESUS NADA VALE ESTAR OU NÃO ESTAR CIRCUNCIDADO, MAS A  FÉ QUE AGE PELO AMOR.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Falecimento do Dr. Rossini


É com pesar que o Blog Juarez Morais Chaves anuncia o falecimento do jovem Dr. Rossini, filho do nosso querido farmacêutico Oberdan Soares, quando retornava da cidade de Itaguaçu da Bahia, após  um plantão médico.
Á família enlutada o nosso abraço e o desejo de que, se conformando com a transitoriedade da nossa vida terrena, compreenda os desígnios insondáveis de Deus.

MENSAGEM BÍBLICA: Gl 5,1

FOI PARA A LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU! FICAI, PORTANTO, FIRMES E NÃO VOS CURVEIS DE NOVO AO JUGO DA ESCRAVIDÃO.
Gl 5,1

domingo, 14 de outubro de 2012

Evangelho Dominical: O Homem Rico


MARCOS 10, 17-30
Naquele tempo, 10 17 tendo Jesus saído para se pôr a caminho, veio alguém correndo e, dobrando os joelhos diante dele, suplicou-lhe: “Bom Mestre, que farei para alcançara vida eterna?”
18 Jesus disse-lhe: “Por que me chamas bom? Só Deus é bom.
19 Conheces os mandamentos: não mates; não cometas adultério; não furtes; não digas falso testemunho; não cometas fraudes; honra pai e mãe.”
20 Ele respondeu-lhe: “Mestre, tudo isto tenho observado desde a minha mocidade.”
21 Jesus fixou nele o olhar, amou-o e disse-lhe: “Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me.
22 Ele entristeceu-se com estas palavras e foi-se todo abatido, porque possuía muitos bens.
23 E, olhando Jesus em derredor, disse a seus discípulos: “Quão dificilmente entrarão no Reino de Deus os ricos!”
24 Os discípulos ficaram assombrados com suas palavras. Mas Jesus replicou: “Filhinhos, quão difícil é entrarem no Reino de Deus os que põem a sua confiança nas riquezas!
25 É mais fácil passar o camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar o rico no Reino de Deus.”
26 Eles ainda mais se admiravam, dizendo a si próprios: “Quem pode então salvar-se?”
27 Olhando Jesus para eles, disse: “Aos homens isto é impossível, mas não a Deus; pois a Deus tudo é possível.
28 Pedro começou a dizer-lhe: “Eis que deixamos tudo e te seguimos.”
29 Respondeu-lhe Jesus. “Em verdade vos digo: ninguém há que tenha deixado casa ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras por causa de mim e por causa do Evangelho
30 que não receba, já neste século, cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, com perseguições e no século vindouro a vida eterna.

sábado, 13 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA

MAS JESUS RESPONDEU: "MAIS FELIZES SÃO OS QUE OUVEM A PALAVRA DE DEUS E A PÕEM EM PRÁTICA".
Lc 11,28

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA

UMA SÓ COISA QUERO SABER DE VÓS: RECEBESTES O ESPÍRITO POR CAUSA DAS OBRAS DA LEI OU PELA PREGAÇÃO DA FÉ?
Gl 3,2

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA

POIS AQUELE QUE INCENTIVOU A PEDRO PARA O APOSTOLADO ENTRE OS JUDEUS INCENTIVOU TAMBÉM A MIM PARA O DOS PAGÃOS.
Gl 2,8

terça-feira, 9 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA

ELAS SÓ TINHAM OUVIDO DIZER: "AQUELE QUE ANTES NOS PERSEGUIA, AGORA PREGA A FÉ QUE COMBATEU".
Gl 1,23

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

MENSAGEM BÍBLICA

MAS UM SAMARITANO, QUE ESTAVA DE VIAGEM, CHEGOU ATÉ ELE. QUANDO O VIU, FICOU COM PENA DELE.
Lc 10,33

domingo, 7 de outubro de 2012

ELEIÇÕES 2012 EM XIQUE XIQUE (BA)


A apuração dos votos foi concluída em Xique Xique (BA)., com a vitória do médico Dr. Ricardo Magalhães do PT que será o novo prefeito pelos próximos 4 anos. 
O candidato vitorioso foi sufragado com 13.425 votos (53,19%), contra 11.816 do outro candidato, Dr. Renan Braga, também seu colega de profissão.
O candidato derrotado era apoiado pelo atual prefeito e pelo seu irmão, deputado estadual, Reinaldo Braga.

Na mesma eleição foram eleitos os 13 vereadores assim representados: 1-Quinquinha; 2-Genicássia; 3-Edson Padeirinho; 4-Esermilson Rocha; 5-Mirlam Oliveira; 6-Delzão; 7-Gal; 8-Zezinho das Baterias; 9-Fabinho; 10-Nino Meira;  11-Eliecy Tarrão; 12-Laura; 13-Sebastião da Colônia;

 Nilson.