terça-feira, 24 de junho de 2014

O São João em Xique-Xique (BA): A "FOGUEIRA"

A"fogueira" carregada de preentes.

Jovens aguardam o fogo destruir o tronco.

Jovens "avançam" na "fogueira".

      Nos anos 1950/1960, quando Xique-Xique (BA) não dispunha de ruas pavimentadas e nem de energia hidráulica os festejos de São João se caracterizavam pela existência das "fogueiras".
     "Fogueira" era a denominação que se dava a um grande galho de Pajeú, árvore abundante na Ilha do Gado Bravo que, após enfeitado com várias prendas que variavam de cédulas a espiga de milho, dependendo do poder aquisitivo do dono, era enterrado no porta da residência para ser, após ter a base do tronco destruída por uma fogueira, derrubado por um grupo de jovens a cata dos presentes ali colocados.
      Hoje, apenas o Guaracy Teixeira mantém essa tradição que anualmente é feita na Fazenda Carnaúba.
       As fotos são dessa festa naquela Fazenda.
Fotos: Guaracy

Um comentário:

  1. Ao navegar pela net encontrei o seu blog, não li muito,mas gostei do que vi e li,espero voltar mais algumas vezes,deu para ver a sua dedicação e sempre aprendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário.
    Abraço fraterno.António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir